O que é o veganismo?

Partilhar

Fala-se cada vez mais de veganismo, incluindo nos meios de comunicação tradicionais, mas a resposta a esta pergunta nem sempre fica clara. Afinal, o que é o veganismo? O que significa ser vegano?

A palavra veganism, em inglês, foi criada em 1944 pela Vegan Society, do Reino Unido, que a definiu da seguinte forma:

O veganismo é uma filosofia e um modo de vida que procura excluir, dentro do possível e praticável, todas as formas de exploração e crueldade para com os animais para alimentação, vestuário ou qualquer outro propósito.

Tradução livre da definição de veganismo da The Vegan Society

Ou seja, uma pessoa vegana procura evitar contribuir para a exploração dos animais, dentro do possível e praticável. E é importante sublinhar o “possível e praticável”, pois sabemos que, dada a complexidade da sociedade moderna e a forma como a exploração dos animais está enraizada em quase todos os setores de atividade, é-nos impossível não contribuir nunca para o sofrimento animal. Mas tentamos evitá-lo, e por isso não consumimos produtos que sabemos que implicam exploração dos animais e dos quais não precisamos para levar uma vida saudável e confortável. Entre esses produtos encontram-se carne, peixe, marisco, laticínios, ovos, mel, gelatina e quaisquer outros produtos de origem animal.

E, é claro, essa postura não se resume apenas à alimentação. No vestuário, por exemplo, um vegano não utiliza materiais como peles, couro ou lã. Da mesma forma, também recusamos apoiar eventos que envolvam exploração animal (tais como touradas, circos, corridas de cães ou de cavalos, entre muitos outros) e evitamos produtos que tenham sido testados em animais. Para mais informações, consulta a resposta à questão Além da alimentação, o que mais muda quando me torno vegano?, e se tens dúvidas sobre a distinção entre veganismo e vegetarianismo, consulta esta questão.

Como dissemos acima, sabemos que os resultados não são perfeitos, que não conseguimos eliminar totalmente a nossa contribuição para o sofrimento dos animais, mas conseguimos eliminar uma grande parte. E isso é fantástico!

Quase todos os veganos com quem nos fomos cruzando afirmam sem qualquer hesitação que se tornarem veganos foi uma das melhores decisões das suas vidas. Que desde que assumiram o compromisso de tentar causar o mínimo de sofrimento possível a outros seres sentem-se muito melhor, mais atentos ao mundo que os rodeia e em paz com a sua consciência :)

[Foto da porquinha Jelly a receber festinhas, na Quinta das Águias]

A porquinha Jelly a receber festinhas. Foto cedida pela Quinta das Águias.