Qual a diferença entre um vegano e um vegetariano?

Partilhar

O termo “vegetariano” surgiu no século XIX, enquanto o termo “vegano” (ou pelo menos a sua versão original - vegan, em inglês) surgiu na década de 40 do século XX, quando um grupo de dissidentes da associação The Vegetarian Society, do Reino Unido, decidiu criar uma nova organização para a promoção de uma filosofia de vida totalmente livre de produtos de origem animal, não apenas de carne e peixe: The Vegan Society.

A Vegan Society atribuiu desde logo ao veganismo a definição que hoje conhecemos, e que vai além da alimentação. Quanto ao termo “vegetariano”, a sua utilização não é muito clara; há quem o aplique a quem faz uma alimentação 100% vegetal (usando termos como “ovovegetariano”, “lactovegetariano” ou “ovolactovegetariano” para se referir, respetivamente, a quem consome ovos, laticínios, ou ambos) e há quem o utilize para se referir a quem é ovolactovegetariano, sendo esta segunda utilização cada vez mais predominante.

Embora subsistam diferentes interpretações e aplicações dos termos, hoje em dia os significados mais comummente utilizados são os seguintes:

Vegano: Alguém que segue a filosofia do veganismo, ou seja, que procura excluir a exploração animal da sua vida, não apenas na alimentação. Quando aplicado a produtos, empresas, receitas, etc., refere-se a algo que não inclui quaisquer ingredientes de origem animal, não foi testado em animais nem está associado à exploração de animais.

Vegetariano: O mesmo que ovolactovegetariano: alguém que não come animais mas come produtos de origem animal. Designa também produtos, receitas etc. com essas mesmas características, ou seja, que não incluem animais mas incluem ingredientes resultantes da sua exploração. Este termo aplica-se exclusivamente à área alimentar e não implica o boiocote a outros produtos ou atividades de exploração animal.

Estes significados, nomeadamente no que toca à sua aplicação a produtos, condizem com aquilo que representam os selos V-Label, cada vez mais presentes nos supermercados portugueses:

Imagem dos dois V-Label: vegano e vegetariano

Vegano: Alimentos e outros produtos que não contêm animais ou partes de animais são considerados veganos. Para ser vegano, um género alimentício ou outro produto não deve ser produzido com a ajuda de animais vivos ou produtos derivados de animais. Isso leva em consideração todas as etapas de produção e processamento.

Vegetariano: Alimentos e outros produtos que não contêm animais ou partes de animais são considerados vegetarianos. Isso leva em consideração todas as etapas de produção e processamento. Os alimentos e outros produtos criados com a ajuda de animais vivos e produtos derivados de animais são considerados vegetarianos.“

Perguntas Frequentes no site V-Label Portugal

O vegetarianismo pode ser um passo importante na transição para o veganismo, e é certamente menos nocivo para os animais e o planeta do que o consumo de carne e peixe, mas não é adequado para quem se opõe ao sofrimento e morte desnecessários dos animais. Para mais informações, vê a questão Porque não ser apenas vegetariano, se não matamos os animais para obter ovos e laticínios?.

Imagem de uma mão segurando um pintaínho