Porque é que os veganos estão sempre a dizer a toda a gente que são veganos?

Partilhar

Antes de mais, convém esclarecer que isso não é bem verdade. Como em qualquer outro grupo, há veganos mais expansivos e veganos mais discretos. O mais provável é que já te tenhas cruzado com dezenas de veganos sem o saberes, precisamente porque não disseram nada ;)

No entanto, mesmo um vegano discreto acaba por falar muitas vezes de veganismo, e a razão é simples: a centralidade que a comida ocupa na nossa sociedade. Entre almoços de trabalho, jantares com amigos, snacks partilhados, petiscos a acompanhar uma cerveja, são muitas as oportunidades para toda a gente reparar que esta ou aquela pessoa não está a comer o mesmo que os outros. Na maior parte das vezes, basta pedir a opção vegana do menu ou perguntar ao funcionário se a massa leva natas para que algum dos não veganos presentes faça uma pergunta ou um comentário. E, já agora, quantas vezes já não ouviste não-veganos a falarem de carne, com comentários casuais como “já comia uma picanha”? Atrevemo-nos mesmo a sugerir que mais depressa se descobre se uma pessoa come carne do que se é vegana ou vegetariana. Começa a estar atento e talvez concluas que a nossa suspeita se confirma.

Mas sim, também existem muitos veganos que fazem questão de puxar o assunto com frequência, e até usam t-shirts, mochilas e outros acessórios com essa informação. E também isso tem uma explicação: a proteção dos animais é tão importante para eles - e parar de consumir animais uma forma tão relevante de contribuir para essa proteção - que eles querem passar a palavra ao máximo de pessoas possível. Para te colocares nesse lugar, pensa em algo que para ti seja moralmente inaceitável, que cause imenso sofrimento a milhares de seres, e imagina que isso é legal e muitas pessoas o fazem. Também não sentirias a obrigação de falar constantemente no assunto, para tentar convencer as pessoas a deixarem de o fazer?

Há quem diga que o facto de os veganos serem tão “chatos” afasta mais pessoas do veganismo do que conquista. Não se sabe se isso é verdade, mas é pouco provável. A maioria das pessoas que agora são veganas são-no porque em algum momento um “chato” apareceu no seu caminho a falar de veganismo. E se há pessoas que se recusam a analisar a validade de argumentos só porque esses argumentos vêm de um “chato”, então é porque são pessoas que não baseiam as suas decisões na racionalidade e que por isso nunca considerariam os argumentos veganos, viessem de onde viessem. Não vale a pena ser menos chato para tentar conquistar essas pessoas ;)

[Foto de um pavão na Quinta das Águias]

Foto cedida pela Quinta das Águias.